terça-feira, 12 de outubro de 2010

A Radio Cruzeiro do Sul

Cantar nos Programas ao vivo da Radio Cruzeiro do Sul prefixo PRB6 era privilegio de poucos .

Desde a sua fundação em 1.927 a emissora ficou por um longo tempo em inatividade até ser retomada em 1.932 sob o comando de Alberto Byington Junior.

A emissora agora, primava pela excelencia.

Estudios amplos e bem equipados davam o tom na moderna sede no Largo da Misericordia.

No topo do Edificio um transmissor de 1.000 wats novinho em folha fabricado pela propria Byington & Cia. garantia a perfeita irradiação dos Programas.

Com essa invejavel estrutura a "Emissora do Coração de São Paulo " podia dedicar-se a sua principal vocação - a música.

A Radio Cruzeiro do Sul, não irradiava discos.

Todos os numeros musicais eram ao vivo, executados no Estudio onde o Maestro Odmar Amaral Gurgel - o Gaó, comandava um escrete de astros e estrelas do radio.

A Emissora representava no Brasil a Gravadora Columbia e tinha no seu cast nomes ja consagrados na epoca como Orlando Silva, Castro Barbosa, Carlos Galhardo, Del Rio e Moreira da Silva. - Estes se apresentavam ao vivo na Radio acompanhados pela Orquestra Jazz Sinfonica de Gaó.

Era uma briga acirrada com as rivais - a Radio Educadora - pioneira na Radio em Sao Paulo e a Record .

Com a reinauguração da Radio Cruzeiro do Sul surgiu a Cadeia Verde e Amarela que contava entre outras com a Radio Phillips do Brasil e a Radio Mayrink Veiga do Rio de Janeiro ampliando a transmissão não só para o Rio, mas para outros Estados Brasileiros.
Indiscutivelmente um dos cantores paulistanos de maior cartaz na epoca era o Roque Ricciardi, mas ficou famoso pelo nome Artistico - Paraguassu que recebia ate 300 cartas por semana das fãs.
Ficou tambem conhecido como "o cantor das noites enluaradas " e teve inumeros sucessos como - Triste Caboclo - Juriti - Lamentos (de autoria de seu amigo Catulo da Paixão Cearence)
Sua interpretação na Musica "Magoas" levou oficialmente pelo menos cinco apaixonados ao suicidio .
Os casos foram registrados em Limeira, Rio Bonito, Curitiba e Campinas.
Alguns suicidas deixaram a referencia a musica em um bilhete - em outros casos a policia encontrou o disco, sereno e fatidico ao lado do cadaver ainda na vitrola.
Neste cenario glamuroso da Musica no Radio que surgiu pela primeira vez em um programa de Calouros da Radio Cruzeiro do Sul um rapazinho franzino, vendedor de tecidos das Lojas Seabra, chamado Joao Rubinato que hoje voces o conhecem por ADONIRAN BARBOSA.
Ele escolheu o samba - o que sera de mim - de autoria de Ismael Silva, Nilton Bastos e Francisco Alves.
Apos ser anunciado pela potente voz do locutor Jorge Amaral, Joao Rubinato teve apenas tempo de balbuciar os primeiros versos da musica
.... Se eu precisar algum dia
- De ir pro Batente
O Implacavel gongo nem deu ao estreante o gostinho de estar no microfone da radio.
Rapidamente os funcionarios da Radio o arrastaram para fora do palco.
A ele restava afogar as magoas no Bar ao Lado da Radio Cruzeiro do Sul.

(fonte: Adoniran uma biografia)

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Rosário Garcia

Rosario Garcia brilhou na era do Radio. Uma carreira de sucessos inesqueciveis foi por muito tempo do cast da Radio Piratininga . Clique no video e encante-se com a voz desta cantora

Palmeira e Biá - Couro de Boi

Palmeira e Bia

Se apresentavam pela Radio Piratininga todas as terças feiras as 21.00hs.

domingo, 18 de julho de 2010

Vicente Lia - O Juvencio Justiceiro do Sertão


Falar da Radionovela do Juvencio o Justiceiro do Sertão, não podemos disassociar do Jornalista, Radialista e compositor Vicente Lia. Dono de uma vóz grave e inconfundivel Vicente Lia viveu o personagem do Juvencio na Radio Piratininga, escrito pelo inseparavel amigo Reinaldo Santos.
Poucos sabem entretanto que Vicente Lia foi o autor de inumeras paginas musicais algumas em parceria e interpretadas por conhecidos artistas.
Algumas obras dele
" Ai que tá " - Com Alberto Calçada em 1.955
" Baile Moderno " - com Tião Carreiro "
"Chinita" - com Tião Carreiro
"O Homem d' agua - Com Zé Fortuna e Pitangueira
" Natal no Sertão " em parceria do Reiynaldo Santos - com Nenete e Dorinho
"Saudade que machuca em parceria com Nino Silva - com Zezinha (1.955)
"Fogueira da Saudade" com Palmeira e Biá
"Baixa Italia em parceria com Neno Silva - com Zezinha
"O Ratinho" em parceria do Reinaldo Santos

Palmeira e Bia

Diogo Mulera, o Palmeira, nasceu no interior de São Paulo em Agudos em 1.918 e faleceu em 1.967 em S.Paulo. Seu grande sucesso - O Menino da Porteira de Teddy Vieira e Luizinho, foi regravado centenas de vezes e virou filme . Em 1.953 Palmeira desfez e dupla com Luzinho e conheceu o Bia - Sebastião Alves da Cunha que até então fazia dupla com Mariano.
Em São Paulo os dois foram contratados pela Radio Piratininga, para fazer um programa.
As audições iam ao ar todas as terças feiras as 21.00hs Junto com eles tocava o sanfoneiro Alberto Calçada, (célebre por diversas interpretações das valsas de Zequinha de Abreu, como Branca, Aurora, Tardes em Lindois e outras)
No seu primeiro anop de atuação na Emissora, a dupla gravou 10 disc os 78 RPM, numa média de quase 01 gravação por mes. Palmeira e Biá ficaram conhecidos como os Coronéis da Musica sertaneja. (fonte recantocaipira.com.br)

Clique abaixo e ouça novamente a dupla interpretando * Couro de Boi *

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Manoel da Nobrega e "A Cadeira de Barbeiro"



Manoel da Nobrega, o criador da "Praça da Alegria" que ainda hoje é conduzida pelo seu filho Carlos Alberto com o nome de "A Praça é nossa", teve em seu inicio de carreira os microfones da Radio Piratininga participando de programas como a Torre de Babel.


Seu genio artistico levou-o a criar quadros e programas inesquecíveis na Radio Piratininga como

"Cadeira de Barbeiro", na hora do almoço e Domingo sem bola.

A estrutura do programa Cadeira de Barbeiro, era Baseada no diálogo entre um barbeiro e seu cliente, cujo assunto principal retratava uma situação político-social da época.

Participava também sempre um Engraxate que interrompia de vez em quando uma conversa e perguntava: 'Vai graxa, Doutor? "


Seu mais famoso trabalho foi a criação do humorístico "A Praça da Alegria", que comandou durante 14 anos, a partir de 1956.

Descobridor de talentos, Nóbrega levou à fama dezenas de artistas como: Ronald Golias (no papel -Pacífico, mais tarde, o Bronco), Chocolate, Canarinho, Moacir Franco (o mendigo), Maria Tereza (uma fofoqueira), Consuelo Leandro (a mulher do Oscar), Costinha, Walter D'Ávila, José Vasconcelos, Murilo Amorim Correa e Zilda Cardoso (Catifunda)



Dr. Miguel Leuzzi - Biografia

Filho de ferroviario, da Cia Paulista de Estradas de Ferro, formou-se em Medicina na Faculdade do Rio de Janeiro em 1.933.
Após a formatura (1933) tornou-se professor da Faculdade Paulista de medicina, sendo na época um dos professores mais jovens ;- Até 1953 trabalhava como médico no Hospital Santa Catarina de São Paulo na avenida Paulista o qual ainda existe. Era cirurgião-gastro;-

Sua paixão pela politica o levou a deixar a Medicina 1953

Na campanha com Janio Quadros, famosa pelo slogan - O Tostão contra o milhão - pois se referia a vitória dos pobres contra os ricos, junto´-se ao PTN Janio. Alguns devem se lembrar do famoso jingle tocado incessantemente
- Varre, varre vassourinha
- Varre , varre a bandalheira
- Que o povo, já está cansado
- De viver desta maneira


De fato, Janio ganhou as eleições, e o Dr. Miguel Leuzzi foi tambem vitorioso. Seu primeiro mandato foi de Deputado Federal de 1954 a 1958 pelo PTN (Partido Trabalhista Nacional) , sendo nesta legislatura 4º secretario da Câmara Federal (qdo a mesma era no Rio de Janeiro);

Seu segundo mandato foi de 1958 a 1962, também Deputado Federal no ano que houve a mudança da Câmara Federal para Brasília;

Foi Embaixador temporário em Istambul e na Bolívia;
- A primeira Rádio adquirida por Dr. Miguel Leuzzi, foi na cidade De RegenteFeijó , na Região da Alta Sorocaba entre 1951 a 1952, quando deu-se inicio a Rádio Piratininga que chegou a somar 32 emissoras de radio somente no estado de São Paulo;-
Sendo que a primeira radio da capital era a radio Cruzeiro do Sul que localizava-se na Praça Patriarca em São Paulo -Capital.
Depois passou-se a se chamar Radio Piratininga de São Paulo, localizada à Rua 24 de maio no centro de São Paulo;

Em 1962, elegeu-se suplente de Senador na chapa de Auro Moura de Andrada , que foi presidente do Senado

- Em 17 de Dezembro de 1974, faleceu Dr. Miguel Leuzzi
(fonte P. Leuzzi)

Dr. Miguel Leuzzi e a Politica
Os principais projetos do Dr. Miguel Leuzzi na Política

6/7/1956 - ALTERA A LEI RELATIVA AO FINANCIAMENTO DA LAVOURA DO CAFE.
1/8/1957 - AUTORIZA OS MUNICIPIOS A IMPORTAREM AMBULANCIA DESTINADA AO PRONTO SOCORRO MEDICO MUNICIPAL
2/8/1957 - AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A ABRIR PELO MINISTERIO DA SAUDE O CREDITO ESPECIAL AO HOSPITAL DAS CLINICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO PAULO.
12/9/1957 - REORGANIZA, SOB A DENOMINAÇÃO DE INSTITUTO BRASILEIRO DO AÇUCAR, O ATUAL INSTITUTO DO AÇUCAR E DO ALCOOL
31/10/1957 - CONCEDE AOS ESTUDANTES BRASILEIROS EM ESTAGIO NO ESTRANGEIRO ATE 200 DOLARES PARA OCORRER A SUA MANUTENÇÃO
31/10/1957 - ELEVA DE VINTE CINCO POR CENTO PARA TRINTA E CINCO POR CENTO DE INDICE DE FALTAS EXIGIDO COMO MAXIMO PARA OS ESTUDANTES DE ESCOLAS OFICIAIS
27/11/1957 - CONCEDE A GRATIFICAÇÃO ANUAL DE CRZ 5.000,00 AOS FUNCIONARIOS DOS INSTITUTOS DE APOSENTADORIA
12/12/1957 -AUTORIZA O CREDITO ESPECIAL DE CRZ 10.000.000,00, DESTINADO AO HOSPITAL SÃO PAULO.
20/3/1958 - DECLARA DE UTILIDADE PUBLICA O COLEGIO BRASILEIRO DE RADIOLOGIA, SEDIADO EM SÃO PAULO.
21/3/1958 - EXCLUI DO IMPOSTO DE RENDA A REMUNERAÇÃO DOS BANCARIOS.
16/5/1958 - DISPÕE A RESPEITO DE ISENÇÃO DE IMPOSTO SOBRE AS IMPORTAÇÕES DESTINADAS A ENTIDADES, ASSISTENCIAIS E DE ENSINO.
20/5/1958 - PROIBE O USO DA PALAVRA DEUS EM LETRA DE MUSICA PROFANA,
28/10/1958 - DECLARA DE UTILIDADE PUBLICA A ORDEM DOS LAVRADORES DO BRASIL.
20/5/1959 - REFORMA DA TARIFA DAS ALFANDEGAS, E DA OUTRAS PROVIDENCIAS.
11/8/1959 - CONCEDE ISENÇÃO DE IMPOSTOS E DIREITOS ADUANEIROS PARA A IMPORTAÇÃO DE MATERIAL CIENTIFICO
28/8/1959 -AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A ABRIR, PELO MINISTERIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA, O CREDITO ESPECIAL DE CRZ 1.000.000,00, DESTINADO A CONSTRUÇÃO DE UMA PRAÇA DE ESPORTES, EM MIRASSOL
25/9/1959 - CONCEDE ISENÇÃO DE IMPOSTOS DE IMPORTAÇÃO E TAXAS ADUANEIRAS
25/11/1959 - CONCEDE O CREDITO ESPECIAL DE CRZ 40.000.000,00, COMO AUXILIO A SANTA CASA DE MISERICORDIA
17/4/1961 - CRIA A COMISSÃO PERMANENTE DE AGRICULTURA E PECUARIA.